A costura como herança, o cuidado entre linhas e a criatividade entre os dedos. A Com amor, Dora nasceu pela simples vontade de colocar a minha costura no mundo de uma forma criativa, colorida e aconchegante.

Dora

Sem categoria

5 de fevereiro de 2013

Morena, tanta coisa vai mudar.

Ela tem a vida atribulada…

Fumar um cigarro de maconha, beber três doses desesperadas de tequila e comer uma caixa inteirinha de bombons não irá te trazer de volta. Crise meu ovo –  essa frase célebre saiu das escrituras de um paulista que luta capoeira, pois bem, cheia de credibilidade.

Não quero voltar com as crises de meia-idade cheias de mimimi desnecessários e culpas cristãs descabidas. Não desejo mais acordar num domingo e não saber o que ser da vida e passear por todos os sabores de bolinho ‘Ana Maria’ pelo quarto, acompanhada de suas séries prediletas. Mas tudo isso depois do carnaval. As cores, confetes e serpentinas não combinam com crises miseráveis e imaturas. Justamente, por isso, criança só cai na folia um dia da semana e durante à tarde acompanhada dos pais. Salvador irá ficar pequena para mim. Aquele clichê ‘eu não caibo em mim mesma de tanta alegria’ me traduz como a tecla SAP neste momento. Não que eu vá fumar cigarros de chocolate, beber latinhas dolorosas de pirigueti (cerveja) e comer feijoada a semana toda.
Nunca passei um carnaval feliz (solteira, maior de idade e ‘eu pago metade das minhas contas’) em Salvador. Mesmo que algo dê errado, tenho borboletas em meu estômago gritando de alegria por correr atrás do trio (na pipoca, é claro). Um amigo sênior e superestimado pela sociedade, chamado Juízo, irá me acompanhar nos festejos pagãos. Mãe pode confiar.
Deixando o clima carnavalesco pirotécnico de lado, vamos ao que realmente interessa nesse bagaça (keep calm and work hard):
Sumi por uns tempos daqui. Os números de postagens pseudodepressivas (todos riem das minhas desilusões e babaquices amorosas) caíram drasticamente depois que resolvi (com a ajuda da minha mais nova ‘sócia light’) levar a lojinha muito a sério e me responsabilizar por cada dinheiro gasto e encomenda enviada pelo correio amigo. Tô jogando duro, costurando manhã adentro e fazendo pulseiras noite a fora. Os anéis novos chegam em março. Tudo com amor e calma no final dá certo, e dará.
Então, se eu desaparecer por alguns domingos e esquecer o boy magia da semana, me perdoem.

Tags: , , , , , , ,

Deixe uma resposta