A costura como herança, o cuidado entre linhas e a criatividade entre os dedos. A Com amor, Dora nasceu pela simples vontade de colocar a minha costura no mundo de uma forma criativa, colorida e aconchegante.

Dora

12 de abril de 2015

Des(encontros)

428600_2750857776102_1566928946_n

    Hoje eu queria escrever uma história de amor perfeita, mas na minha vida ela não existe. Queria ser a paixão do moço da janela em frente a minha ou a do frentista do posto que passo todos os dias da minha vida, mas isso não existe. Dizem que o novo virá para rearmonizar, mas enquanto o novo não vem as peças voltam para a caixa no final do jogo. Um filme e dois episódios de um seriado me fizeram chorar e repensar nos caminhos tortos que tenho levado a minha vida. Mas como dizem, nada como um dia…


Tags: , , , , , , , , , ,

9 de abril de 2015

Do apartamento

large

Nós, membros do clube dos corações partidos, deveríamos ter prioridade na fila do banco. Não sei se dor menor vem do corpo ou d’alma. Ultimamente eu não tenho sabido de nada, menino. Comecei a fazer terapia aos vinte e seis anos de idade depois de uma crise de burrice aguda: cometer o mesmo erro um bilhão de vezes causa constipação e eterna angústia no coração. Por isso, fui atrás d’uma moça que me diz toda segunda-feira coisas que eu deveria ter escutado aos dezoito anos, assim, seria hoje uma mulher mais segura e feliz. Como nada é perfeito, ainda há…


Tags: , , , , , , , ,

20 de março de 2015

Paraísos Artificiais

pa

Alguns filmes deveriam ser visto antes dos vinte e cinco anos. Duas jovens lindas no melhor estilo hippie de boutique descobrindo a sexualidade e a drogas juntas numa rave lá no interior do nordeste; uma delas é DJ e acaba engravidando de um boy lindo, barbudo e complicado na mesma noite que perde a amiga/namorada por conta da falta de limites com as drogas, isso tudo é sim uma barra pesada, mano, mas se eu tivesse assistido esse filme aos dezoito anos acharia um máximo essa pseudo liberdade toda e provavelmente estaria arrumando minhas malas para curtir uma rave na…


Tags: , , , , , , , ,

24 de fevereiro de 2015

Costurices ❤ 2015

costurices ❤

A gente muda o tempo todo, mas lá no fundo somos o que queremos ser o tempo todo, ou quase. Essa filosofia toda foi só pra dizer que as costurices voltaram, e a vontade de crescer mais ainda. São coisinhas fofas para guardar o batom predileto, o livro preferido, o tablet inseparável, as canetinhas coloridas, celular, amor e tudo mais que houver nessa vida de meu deus. Estou costurando que nem uma doida, e ainda preciso cuidar de todo o resto rs : facebook, instagram, planilhas, pagamentos, material, fornecedor, acabamento, zueira e ainda sobrar tempo para minha cerveja. Mas eu…


Tags: , , , , ,

22 de fevereiro de 2015

A culpa é da Dora

large

A culpa é da Dora. A culpa é sempre da Dora, óbvio. Se o boy não ligou no dia seguinte, se um raio caiu em cima de uma árvore em Magé ou até mesmo se a gasolina subiu, a culpa será sempre minha, minha. Não sei o real motivo (só os terapeutas de plantão saberão a explicação plausível para essa culpa caótica) de sempre achar que a culpa é minha. As pessoas nunca podem fazer nada; os boys podem não achar muita graça nas minhas piadas ou não sentir aquela formiguinha do desejo cutucar o coração, normal, né. Mas eu…


Tags: , , , , , , , , , , ,

10 de janeiro de 2015

Nonchalance

Sabe aquela sensação de não saber mais em que lugar você está?! Então. Acho que há tempos não sou mais uma adolescente destemida que sonhava conquistar o mundo, ter porres homéricos e não se preocupar com as contas no fim do mês. Eu mudei e você também, velho. Ainda não me considero uma mulher adulta em plena maturidade hormonal, segura de si e com a vida mais estabilizada que a placas tectônicas do Novo México. Em que lugar uma menina com pele de pêssego e vinte e seis anos se encontra?! Acho que é o limbo pós-adolescência e pré-vida-chata-adulta. Ter…


Tags: , , , , ,

2 de janeiro de 2015

Lave, leve, love – 2015

O ano começou mais morninho que o meu chocolate quente. Entenderam, né?! Pois bem, 2015 será o ano da família, finanças e organização, segundo minha fonte mais confiável do mundo astrológico, o Personare. Passei o dia 31 fazendo uma das maiores faxinas da minha vida, lavei até banheiro rs. Dia 01 passei horas com o computador ligado e meu caderninho de anotações aberto planejando metas para a lojinha em 2015. Eu sei o que quero, cara. Ontem me olhei no espelho, tentei enxergar além dos meus olhos castanhas, eu sorri. Vi rugas no canto da boca, olheiras monstras e uma…


30 de agosto de 2014

No tempo da costura – Rosa

DSC_0281

“Os olhos dela ensinam estrelas a brilhar Vai doer Os braços dela ensinam ondas a quebrar Vai doer, vai doer, mas depois vai passar, rosa Vai você que eu não tardo em chegar, rosa” Vó Sofia criou seus netos como filhos com ajuda de Tia Rosa, minha avó de alma. Minha avó Heloísa morreu logo depois que eu nasci, só deu tempo mesmo da gente se olhar nos olhos e saber que estaríamos ligadas para sempre por uma mulher chamada Rosângela Acássia, minha mãe. Maínha me conta que foi Vó Heloísa quem costurou todo o meu enxoval, minhas camisolas de…


Tags: , , , , , , ,

22 de agosto de 2014

Fragmentos

27 de maio Minhas caras amigas, quando fico muito tempo sem escrever podem esperar duas coisas: minha vida está uma bosta, tediosa e chata ou estou fervilhando em estradas que não me permitem descrever em linhas públicas. Mas ainda temos outra opção: falta de tempo mesmo. 15 de agosto Correr riscos entre amar e deixar o coração em descanso etéreo, qualquer escolha ou modo de se viver o amor dói. O que me mentem em pé é a esperança de um futuro que se aproxima mais rápido que o voar do meu passado cheio de portas entreabertas e linhas, margens e…


Tags: , , , , , , ,

3 de agosto de 2014

Music never goes out

Quem não gosta de música boa para dançar, chorar, trabalhar ou apenas sentir o ventinho no rosto enquanto anda pelas ruas da cidade?! Então nosso colaborador (com um gosto musical bem apurado e sagaz) volta com seu lugarzinho reservado aqui no blog para dar dicas de música boa, clips bacanas e bandas novas. Quem quiser saber mais só olhar aqui no link do primeiro post que Jefferson escreveu pra gente: Nervous Chill Out: http://blog.comamordora.com.br/sem-categoria/nervous-chill-out     Jefferson says: Oi amores da Dora, tudo bem? A convite (cof, cof) voltei com esta singela contribuição pro Com Amor, Dora. O play é…


Página 2 de 4012345...Última »