A costura como herança, o cuidado entre linhas e a criatividade entre os dedos. A Com amor, Dora nasceu pela simples vontade de colocar a minha costura no mundo de uma forma criativa, colorida e aconchegante.

Dora

14 de setembro de 2016

e a vida profissional?

isso da gente se perder um pouco profissionalmente na gravidez é normal? e quando ela nascer, melhora ou piora? minha vontade é toda dela, cuidar de tudo para recebê-la bem, repousar, colocar as pernas para cima, dormir quando o corpo pede, voltar para casa quando a pressão baixa no sol de lascar em pleno caminho para o trabalho que eu inventei para mim. será que sou julgada por postar mais no meu instagram pessoal do que o profissional? tudo agora é dela e para ela, mas é tudo mesmo? questões que eu, a mais nova mãe empreendedora do pedaço estou começando a me fazer.

Deixe uma resposta